sexta-feira, 18 de setembro de 2009

ESTUDO DOS GASES




LISTA DE EXERCÍCIOS - 16 - ESTUDO DOS GASES




1. Algumas companhias tabagistas já foram acusadas de adicionarem amônia aos cigarros, numa tentativa de aumentar a liberação de nicotina, o que fortalece a dependência. Suponha que uma amostra de cigarro libere 2,0 × 104mol de amônia, a 27°C e 1 atm. (Dado: R = 0,082 atm × L / K x mol).
O volume de NH3 gasoso, em mL, será, aproximadamente
(A) 49   
(B) 4,9   
(C) 0,49   
(D) 0,049   
(E) 0,0049


2. Considere o texto a seguir:
Cavendish ficou intrigado pelo gás que era produzido quando certos ácidos reagiam com metais. [...] Descobriu que esse novo gás tinha uma densidade de apenas 1/14 da do ar. Observou também que, quando uma chama era introduzida numa mistura desse gás com ar, o gás pegava fogo. Por isso chamou-o de "ar inflamável dos metais". [...] Cavendish pensou que o ar inflamável vinha de fato dos metais, não do ácido. Como a maioria dos químicos, seus contemporâneos, ele também aceitava a teoria do flogístico, acreditando que os metais eram uma combinação de cinza metálica e flogístico. Isso, juntamente com a leveza e inflamabilidade excepcionais do "ar inflamável", o levou à conclusão sensacional de que havia conseguido isolar o flogístico.   (Paul Strathern, "O sonho de Mendeleiev")
As informações contidas no texto permitem concluir que o gás observado por Cavendish era o
(A) O2    
(B) N2    
(C) H2    
(D) CO2    
(E) CH4


3. Uma equipe tenta resgatar um barco naufragado que está a 90 m de profundidade. O porão do barco tem tamanho suficiente para que um balão seja inflado dentro dele, expulse parte da água e permita que o barco seja içado até uma profundidade de 10 m. O balão dispõe de uma válvula que libera o ar, à medida que o barco sobe, para manter seu volume inalterado. No início da operação, a 90 m de profundidade, são injetados 20.000 mols de ar no balão. Ao alcançar a profundidade de 10 m, a porcentagem do ar injetado que ainda permanece no balão é
(Pressão na superfície do mar = 1 atm; No mar, a pressão da água aumenta de 1 atm a cada 10 m de profundidade. A pressão do ar no balão é sempre igual à pressão externa da água.)
(A) 20 %    
(B) 30 %    
(C) 50 %    
(D) 80 %    
(E) 90 %


4. Considere os gases NH3 e CO2 nas mesmas condições de pressão e temperatura. Podemos afirmar corretamente que a relação entre as velocidades de difusão dos mesmos, vNH3/vCO2, é igual a: (Massas Molares: C = 12 g.mol1; O = 16 g.mol1 ; N = 14 g.mol1; H = 1 g.mol1 )
(A) 2,0    
(B) 1,6     
(C) 1,4     
(D) 0,6     
(E) 1,0


5. Usando os conceitos relacionados ao estudo dos gases, podemos afirmar CORRETAMENTE que
(A) através da Lei de Boyle, é possível comprovar que, a uma temperatura constante, o volume ocupado por uma massa fixa de um gás é diretamente proporcional à pressão.
(B) de acordo com a Teoria Cinética Molecular dos gases, um gás é formado por moléculas em constante movimento e, em um gás ideal, não há atração nem repulsão entre as moléculas.
(C) pela Lei de Charles, para transformações isobáricas, o volume de um gás é inversamente proporcional à temperatura absoluta.
(D) pela Lei de Gay-Lussac, proposta em 1802, quando uma massa variável de um gás sofre transformação isocórica, a pressão do gás será diretamente proporcional à temperatura absoluta do sistema.
(E) pela Hipótese de Avogadro, gases diferentes, nas mesmas condições de volume, de pressão e de temperatura, sempre apresentarão diferentes números de moléculas


6. Quanto aos gases, é CORRETO afirmar que
(A) sob pressão de uma atmosfera e temperatura ambiente, um mol de qualquer gás ocupa o volume de 22,4 litros
(B) a equação de estado que relaciona volume, temperatura, pressão e massa de um gás é chamada equação de Clapeyron
(C) nas transformações isométricas, o volume varia, enquanto a temperatura e a pressão permanecem constantes
(D) a 1 atm, 760 mmHg e 273 K, o volume de um mol de gás depende de sua posição na tabela periódica
(E) a expressão PV = nRT representa a lei de Boyle


7. Em determinadas condições, o dióxido de nitrogênio (NO2) pode ser formado a partir de nitrogênio (N2) e oxigênio (O2). Considere um recipiente de 24 L com êmbolo móvel em que há uma mistura estequiométrica de nitrogênio (N2) e oxigênio (O2), ou seja, a pressão parcial de nitrogênio no recipiente é metade da pressão parcial do oxigênio. A quantidade máxima que pode ser obtida do gás dióxido de nitrogênio, mantidas as condições de temperatura e pressão, é
(A) 8 L.    
(B) 12 L.    
(C) 16 L.    
(D) 24 L.    
(E) 46 L.


8. Um frasco de 250 mL contém neônio a uma pressão de 0,65 atm. Um outro frasco de 450 mL contém argônio a uma pressão de 1,25 atm. Os gases são misturados a partir da abertura de uma válvula na conexão que liga os dois recipientes. Considerando o volume da conexão desprezível e, ainda, o sistema mantido a uma temperatura constante, a pressão final da mistura de gases é, aproximadamente,
(A) 1,03 atm.    
(B) 1,90 atm.     
(C) 2,06 atm.     
(D) 2,80 atm.    
(E) 5,6 atm.


9. Os gases do estômago, responsáveis pelo arroto, apresentam composição semelhante a do ar que respiramos: nitrogênio, oxigênio, hidrogênio e dióxido de carbono. Nos gases intestinais, produzidos no intestino grosso pela decomposição dos alimentos, encontra-se também o gás metano. Considerando cada gás individualmente, qual seria a ordem esperada de liberação destes para o ambiente, em termos de suas velocidades médias de difusão no ar?
(A) N2 , O2 , CO2, H2, CH4              
(B) H2, N2, O2, CH4, CO2                
(C) H2, CH4, N2, O2, CO2
(D) CO2, O2, N2, H2, CH4
(E) CH4, CO2, N2, O2, H2


10.A calibração dos pneus de um automóvel deve ser feita periodicamente. Sabe-se que o pneu deve ser calibrado a uma pressão de 30 lb/pol2 em um dia quente, a uma temperatura de 27°C. Supondo que o volume e o número de mol injetados são os mesmos, qual será a pressão de calibração (em atm) nos dias mais frios, em que a temperatura atinge 12°C?  Dado: Considere 1 atm = 15 lb/pol2.
(A) 1,90 atm.   
(B) 2,11 atm.   
(C) 4,50 atm.   
(D) 0,89 atm.   
(E) 14,3 atm.




GABARITO: 1B - 2C - 3A - 4B - 5B - 6B - 7C - 8A - 9C - 10A

Elaborado pelo Prof. Paulo Silva